Metas para 2019: minimalismo, produtividade, viagens e conhecimento.

Escrevendo minhas metas para 2019

Eu gosto sempre de enxergar um ano novo como uma nova oportunidade de recomeço. Até escrevi num post no Instagram do blog ontem: “Um novo ano, 12 novos meses e 365 oportunidades de recomeçar.” E se eu quero mudar algo em mim, como estilo, um hábito que me incomoda, começar uma atividade diferente ou qualquer coisa que seja, essa é a melhor hora de tomar alguma atitude.

Pode parecer bobagem para alguns. É só a continuidade dos mesmos dias que já estamos vivendo. Mas quando chega um novo ano, eu me sinto renovada. Como se eu tivesse a oportunidade de deixar para trás qualquer coisa que deu errado no ano anterior e seguir em frente de uma maneira diferente. Sei que isso não se aplica para tudo no nosso dia-a-dia. Mas em relação às coisas que só dependem de nós mesmas, eu acredito que sim!

Eu também penso muito nessa época de virada do ano, nas inúmeras coisas que eu poderia ter feito, que eu DEVERIA ter feito, mas que por algum motivo, não consegui cumprir. Penso nas minhas atitudes que foram julgadas erradas e nas quais eu mesma me julguei também. E em como posso melhorar nessa minha nova chance de recomeçar.

Seguindo esse contexto, e sendo uma pessoa que gosta de ser organizada e de planejar as coisas, não há nada melhor, na minha opinião, do que começar o ano escrevendo novas metas. Eu estava escrevendo essas coisas no meu bullet journal, mas confesso que desisti completamente dele, pois nunca consegui atualiza-lo com frequência durante o ano inteiro. Então, em 2019, vou usar mais o computador e celular mesmo para fazer minhas anotações, pois assim, vejo que é mais eficiente para mim.

Quando se escreve, não importa o meio que está usando, você coloca para fora de maneira organizada tudo o que tem em mente e gostaria de fazer. Assim, ficam mais nítidos os passos que você tem que executar para alcançar aqueles seus objetivos. E eu acredito que com um pouquinho de organização, planejamento e força de vontade é possível realizar tudo e muito mais do que você possa imaginar.

Em contrapartida, acho também imprescindível, estipular metas reais e alcançáveis. Quando você estipula metas muito longe da realidade, e óbvio, não consegue realizá-las, a frustração vem, com certeza, logo em seguida. Isso aconteceu comigo esse ano. Vou dar um exemplo bem bobo, mas real: Coloquei nas minhas metas de 2018 que leria 1 livro por mês, totalizando 12 livros lidos durante o ano. Mas se eu li 3, foi muito. Esse ano eu quero colocar mais os meus pés no chão. Procurar enxergar melhor a minha rotina e o que eu posso realizar com êxito dentro dela.

Uma das coisas que eu mais preciso durante esse ano, é saber aproveitar melhor o meu tempo, para justamente, conseguir realizar as coisas que eu quero planejar. De nada adianta mil metas escritas, se você não consegue se organizar para executa-las. E quando se usa bem o tempo durante o dia-a-dia, fica muito mais fácil atingir os seus objetivos.

Minhas grandes metas para este ano estão relacionadas à organização, envolvendo mais minimalismo, maior produtividade, poder fazer mais viagens e/ou passeios e adquirir mais conhecimento sobre coisas que eu gosto. Então, vamos para as metas… ˆˆ

META 1. Ler 6 livros com conteúdo útil e em inglês.

Eu já melhorei bastante na leitura em inglês. Mas só li 3 livros durante o ano de 2018 inteiro… Tenho até vergonha de falar… mas por conta da rotina corrida e nem sempre organizada, acabo não tendo tempo mesmo durante as semanas para parar, sentar e ler. Eu amo muito ler e me sinto tão bem com isso. Durante esse ano, quero muito ler mais e sobre conteúdos que sejam úteis para mim e sobre as coisas que eu gosto, como moda, decoração e fotografia. Vou fazer uma lista de livros que quero ler, mas não quero comprar as edições impressas. Quero baixar e ler no Kindle, que é mais prático e mais em conta também.

META 2. Acordar mais cedo e aproveitar mais as manhãs.

Confesso que não sou nem de longe uma “morning person“. Prefiro acordar mais tarde e fazer coisas até tarde da noite. Mas tenho consciência de que isso, muitas vezes, não me faz nada bem! É muito melhor, até para a nossa saúde, acordar cedo, aproveitar as manhãs e a luz do dia para fazer as coisas mais importantes.

META 3. Aprender de uma vez por todas a falar inglês.

Eu já melhorei muito em relação ao inglês, em comparação a quando cheguei aqui no Texas, em 2017. Consigo ler e escrever bem. Mas ainda não consigo entender tudo o que falam e ter conversas mais completas porque convivo mais com Brasileiros. Você pode fazer vários cursos de inglês no Brasil, mas nada se compara a estar aqui e ter que entender o que as pessoas estão falando e conseguir pensar rapidamente em inglês para respondê-las. Essa é a minha meta mais importante para este ano!

META 4. Estudar um curso online por mês.

Quero muito fazer pequenos cursos online sobre conteúdos que possam me ajudar com o blog e sobre as coisas que gosto de fazer. Sempre quis aprender mais sobre fotografia e todo ano, vou empurrando para depois. Espero que neste seja diferente!

META 5. Mudar alguns aspectos do meu estilo.

Desde que vim morar no Texas, meu estilo já mudou bastante. Mas ainda tem alguns aspectos que quero muito melhorar. Usar mais peças de comprimento mídi, tons mais neutros e que combinem com tudo, mudar mais a cor do cabelo, ao invés de sempre pintar de ruivo… Coisas desse tipo!

META 6. Criar o meu armário cápsula.

Eu já melhorei bastante em relação a não comprar roupas e acessórios que só irei usar uma vez. Mas, ainda tenho muito o que evoluir! Quero investir mais em peças de qualidade, clássicas e que eu sei que poderei usa-las o ano inteiro e até por muitos anos. Ao invés de comprar um monte de roupas baratas e que só servem para uma estação.  Apesar de que, mesmo comprando peças baratinhas, às vezes, eu sempre cuidei bem das minhas roupas e elas acabam durando muito tempo.

Criar um armário cápsula e só comprar peças de cores que ficam bem em mim estão entre as minhas prioridades para este ano. Lembrando que “armário cápsula” não é sobre ter apenas 30 peças de roupas de cores neutras e não poder comprar mais nada. É justamente sobre ter peças de qualidade e que combinam com tudo e qualquer ocasião, tendo um guarda-roupa completo e eficiente para as 4 estações. Tá! Já falei de mais sobre isso… hahaha ˆˆ

META 7. Aderir mais ao minimalismo na minha casa e no meu estilo.

Quando falo em “aderir ao minimalismo”, não é ser extremista, largar tudo para viver num lugar bem pequeno só com 7 peças de roupas, um banheiro e um colchão (hahah!!!). É sobre entender cada vez mais o que eu realmente preciso e não viver todo mês comprando e enchendo os armários de coisas que não são importantes.

Quero uma decoração cada vez mais clean, que eu já comecei a fazer. Menos objetos espalhados pela casa. Apenas roupas que combinam mais comigo e com o meu estilo de vida. Quanto mais coisas você tem, mas tempo você gasta para cuidar delas. Isso é a mais pura verdade! E eu justamente quero mais tempo e de qualidade para cuidar de outros aspectos da minha vida. Ao invés de ficar acumulando coisas.

META 8. Crescer os acessos mensais do blog e ter um público assíduo.

Tenho me dedicado todos os dias a produzir algo para o blog desde Abril. Isso porque eu gosto mesmo de criar fotografias e escrever. E estou muito feliz porque os acessos mensais cresceram bastante no mês de Dezembro! Quero muito conseguir focar e me dedicar cada vez mais aos conteúdos, ver o blog depois do café crescer, e que mais e mais pessoas o conheçam e se identifiquem com o que posto aqui.

META 9. Comprar uma câmera fotográfica profissional.

Pode parecer uma meta boba. Mas eu já disse que sempre quis aprender mais sobre fotografia e vivo deixando para não sei quando. Eu ainda fotografo tudo com o celular. Mas desse ano não passa! Quero comprar uma câmera fotográfica profissional para fazer fotos com mais qualidade para o blog e aprender mais sobre algo que eu adoro fazer, que é fotografar. Eu amo fotografar objetos, paisagens, e tenho adorado também fazer minhas próprias fotos, com ajuda de um tripé.

META 10. Conhecer a NASA, em Houston.

Ano passado e retrasado, conheci São Francisco na Califórnia, Nova Iorque, Orlando e San Antonio, cidadezinha linda que fica também no Texas. Foi um sonho poder conhecer a Disney pela primeira vez aos 30 anos! E moro bem aqui pertinho, há 3 horas de Houston e ainda não conheci a NASA. Então, essa é minha primeira e grande meta em relação à viagem/passeio para este ano.

META 11. Fazer uma viagem romântica para algum lugar diferente.

Ainda não pude fazer nenhuma viagem assim desde que comecei a namorar com meu marido. Sempre era à trabalho ou com outras pessoas. Então, minha outra meta em relação à viagem, é fazer uma para algum lugar bem romântico e só nós dois.

Vou parar nessas 11 metas para não encher a lista de coisas e depois não conseguir realizar a maioria. hahah! Espero que gostem do post e que seja útil de alguma forma! ♥

E você, quais são as suas metas para 2019?

Metas para 2019: minimalismo, produtividade, viagens e conhecimento

Não esqueça de seguir o blog para receber as novidades por e-mail!

Você também encontra todas as minhas redes sociais em: https://linktr.ee/mrsmariagalvao ou na página principal do blog.

Leia mais posts relacionados na categoria Lifestyle.

Baixe também, gratuitamente, os nossos templates para planejamento na categoria Downloads.

Follow my blog with Bloglovin.

Um abraço!

Maria.

 

Share
Maria Galvão
Bem-vindos ao Blog Depois do Café! Eu criei este espaço para compartilhar dicas e experiências sobre assuntos relacionados à moda, estilo pessoal, decoração, organização, viagens, estilo de vida e que possam te inspirar de alguma maneira. Eu amo fotografia, decorar minha casa, assistir séries e filmes de comédia e usar o Pinterest para me inspirar. Minha estampa favorita é o poá, adoro o estilo Parisiense e também, escrever sobre minhas coisas favoritas depois do café!