5 lições que eu aprendi morando sozinha.

5 lições que eu aprendi morando sozinha_LIFESTYLE

Para quem não me conhece ou é novo por aqui, eu morei sozinha por 5 anos, dos 24 aos 29, quando ainda vivia no Brasil. Hoje, eu moro com meu marido e nossas gatinhas. E no post de hoje, vou compartilhar um pouco da minha experiência e destacar 5 lições positivas que eu aprendi morando sozinha.

Lições que podem parecer simples num primeiro momento, mas que com toda a certeza, me fortaleceram bastante e me tornaram uma pessoa mais preparada para as responsabilidades do dia-a-dia e para a vida de casada. Além de terem ajudado muito na evolução do meu processo de autoconhecimento.

Contextualizando um pouco, eu não fui uma pessoa das mais preparadas para isso. Não tive pais que me formassem bem para a vida que eu teria no mundo. Fui criada praticamente pela minha avó, que faleceu quando eu tinha 12 anos e por minha tia, que também já faleceu.

Quando completei 24 anos, e me vi com um emprego razoável, não enxerguei mais motivos para não ter o meu próprio lar. Então, saí da casa da minha tia e aluguei um apartamento perto de onde morávamos. Qualquer coisa, dava para sair correndo e ir na casa dela sempre que possível.

Mas não quero evidenciar nenhuma dificuldade neste post. Quero destacar as lições valiosas e positivas que ganhei com essa escolha. E quem sabe inspirar um pouco alguém que esteja em busca de uma reflexão sobre ir ou não morar sozinha. Então vamos lá!

1 – Morar sozinha é a melhor oportunidade para você se descobrir.

Morar sozinha te leva a um processo de amadurecimento gradativo, e que pode ser lento para muitas pessoas, inclusive foi assim para mim. E somente hoje, eu consigo enxergar nitidamente a diferença de como eu era antes. E perceber que foi graças a esse período que me tornei quem eu sou hoje.

Eu passei a entender melhor quem eu era, quais eram as coisas que eu mais gostava e o que queria (e não queria) para o meu futuro durante essa fase. Quando você passa mais tempo sozinha, acaba tendo também mais tempo para pensar e para si mesma.

E não importa quantos anos, qual condição social, quanta vontade você tenha de ser dona do seu próprio nariz ou quão pronta esteja! Morar sozinha tem uma infinidade de desafios que toda pessoa que optar por essa decisão vai passar. Mas ter tempo só para mim e poder me conhecer melhor foi uma das coisas que mais gostei durante essa fase!

2 – É aprender a saborear sua bebida favorita sozinha e saber aproveitar (E AMAR) a sua própria companhia.

Não tem jeito! Se você pensa em um dia morar sozinha, vai ter inúmeros momentos sem ninguém por perto. Por mais que você tenha muitos amigos, parentes e goste de sair bastante.

E um dia, de repente, você vai se dar conta de que está lá sentada no seu sofá, saboreando sua bebida favorita, seja ela um café, um refrigerante ou até mesmo um bom vinho, sozinha!

As pessoas tem mania de achar que só dá para fazer coisas legais e que gostamos acompanhadas, com alguém do lado, como um companheiro ou rodeada de amigos. Mas morando sozinha, você vai aprender que é sim possível, e também muito prazeroso, poder ter esses momentos só com você.

Não apenas apreciar uma bebida, mas também, ler um bom livro, ouvir suas músicas favoritas, assistir filmes e séries, fazer (ou pedir) um jantar delicioso só para você, ou até mesmo dar uma louca e ficar dançando e cantando no meio da sala durante a faxina. Você vai aprender cada vez mais a AMAR esses pequenos momentos com a sua própria companhia!

3 – É se sentir à vontade para ser quem você realmente é.

Morando sozinha, você não precisa ter vergonha de ser quem você é, em nenhum momento do dia. Pode acordar e ir dormir do jeito que for melhor para você. Pode cantar bem alto aquelas músicas esquisitas e engraçadas no chuveiro a qualquer hora do dia. Pode deixar os pratos lá na pia o dia inteiro, se não tiver a fim de lava-los agora ou não tiver tempo. E não vai ter ninguém para reclamar. Apesar de que, com o tempo, vai perceber que é melhor lava-los logo para sua casa não virar um caos. Mas vou falar mais sobre isso no próximo tópico.

Poder se sentir à vontade consigo mesma e ter a liberdade de poder escolher quando e como realizar suas tarefas é uma das melhores coisas de ir morar sozinha! Mas é nesse momento que você, de fato, começa a amadurecer, porque vai percebendo que nem sempre é possível só fazer as coisas quando bem entender. E com o tempo, você vai aprendendo a fazer escolhas cada vez melhores. E vai ajustando o seu dia-a-dia de acordo com a nova realidade e com quem você realmente é.

4 – É aprender com o dia-a-dia corrido os benefícios de se tornar uma pessoa mais organizada pelo seu próprio bem.

Hoje em dia, eu sou uma pessoa bastante organizada. Mas nem sempre fui assim! Quando era criança, odiava arrumar meu quarto e tinha preguiça de organizar meus brinquedos. Até quando adolescente ou na fase adulta, tinha bastante preguiça de fazer as coisas também. Nunca fui completamente desorganizada, mas não era regrada em relação a organização e limpeza da casa, como sou hoje.

Quando você mora sozinha, todas as responsabilidades são somente suas. Se você não fizer, ninguém vai fazer por você! Exceto se você tiver alguém da família ou empregada que te ajude. E se você ainda estuda e trabalha, a rotina corrida, te faz acumular muitas tarefas, principalmente domésticas ao longo da semana.

Não tem nada pior do que chegar nos finais de semana, após um semana agitada de trabalho e estudo e ter uma pilha gigantesca de roupa suja para lavar, o apartamento inteiro bagunçado para arrumar e mais um monte de coisas para fazer, todas no mesmo dia. E você ainda se priva de descansar ou passear, porque o fim de semana acaba num piscar de olhos e nunca dá tempo de fazer tudo.

Depois que morei sozinha, eu APRENDI a me tornar mais organizada, e pelo meu próprio bem! Não estou dizendo que todo mundo que vá morar sozinho, vá se tornar assim também. Isso varia muito em cada pessoa. Mas foi um escolha minha ir em busca de conhecimento para organizar melhor o meu dia e minha casa.

Hoje, me sinto muito mais feliz por ter passado por esses momentos. Eles me fizeram dar mais valor a cada pequena ação do meu dia-a-dia, como colocar as coisas de volta no lugar, imediatamente após usa-las. Ou como manter uma rotina regrada ao longo da semana para não acumular bagunça.

5 – É perceber que a TV e suas séries favoritas podem ser suas melhores companhias também.

Morando sozinha, você definitivamente vai descobrir se é uma pessoa mais extrovertida ou introvertida. Quando chegar naqueles momentos em que todos estão saindo e você recebe convites para sair, mas prefere ficar em casa assistindo suas séries favoritas! Hahah!

Comigo foi assim! Demorou bastante para eu me aceitar e foi bem difícil. Eu sempre tentava socializar mais com as pessoas e ir para os lugares onde os amigos e colegas queriam estar nos happy hours e finais de semana. Não era bem aquilo que eu gostava. Mas eu sempre tentava para não dizerem que eu sempre negava e nunca ia nos lugares.

A verdade é que, com o passar do tempo morando sozinha, eu percebi que amava ficar mais em casa, assistir, descansar, ler, ouvir música, cuidar dos meus cabelos e da minha pele. E eu amava muito mais isso do que passar as noites em shows ou barzinhos por ai à fora.

Eu gosto de sair à noite de vez em quando e amo sair para passear durante o dia, fotografar, conhecer novos lugares e restaurantes. Mas descobri justamente nessa época que ficar em casa me fazia muito bem e acho que eu não teria descoberto se não tivesse passado por essa fase.

Nenhum dos itens acima, eu não estou dizendo que são obrigatórios e que toda pessoa chegará às mesmas conclusões. Eles são baseados na minha experiência e no meu gosto.  Algumas pessoas podem não gostar de ficar sozinhas e podem preferir sair mais. Outras podem ser mais bagunceiras a vida inteira e não verem problema nenhum nisso. Isso depende da personalidade de cada um. ♥ Essas foram algumas das grandes lições que eu aprendi morando sozinha por 5 anos!

Por hoje é só! Me conta aqui nos comentários o que achou do post!

Você já morou, mora ou pensa em morar sozinha um dia?

Se já morou, e puder compartilhar alguma experiência por aqui, eu vou adorar ler! ♥

 

Veja outros posts relacionados na categoria Lifestyle.

Baixe gratuitamente os nossos calendários, planners e wallpapers em Downloads no menu principal.

 

Não esqueça de assinar o blog para acompanhar as novidades por e-mail.

Você também encontra todas as minhas redes sociais em https://linktr.ee/mrsmariagalvao ou na página principal.

 

Follow my blog with Bloglovin.

Um abraço e até o próximo post!

Maria.

5 lições que eu aprendi morando sozinha_FOTO Pinterest

 

Share
Maria Galvão
Bem-vindos ao Blog Depois do Café! Eu criei este espaço para compartilhar dicas e experiências sobre assuntos relacionados à moda, estilo pessoal, decoração, organização, viagens, estilo de vida e que possam te inspirar de alguma maneira. Eu amo fotografia, decorar minha casa, assistir séries e filmes de comédia e usar o Pinterest para me inspirar. Minha estampa favorita é o poá, adoro o estilo Parisiense e também, escrever sobre minhas coisas favoritas depois do café!